5 RAZÕES SIMPLES PARA USAR O GOOGLE ADWORDS

5 razoes simples para usar o google adwords

Entenda porque o Google AdWords pode ser um bom investimento digital.

Se você está buscando mais informações sobre os meio de divulgação online, com certeza já deve ter ouvido falar dos anúncios do Google, o Google AdWords, mas talvez você ainda esteja em dúvida se deve ou não usar do mecanismo, para facilitar sua decisão, aqui vão 5 razões simples para usar o Google Adwords.

1. As pessoas estão no Google buscando.

Os dados mostram que 90% das buscas no Brasil são feitas por meio da plataforma norte-americana. Ou seja, seus clientes já estão lá buscando por você.

2. Os filtros e segmentações que são possíveis de se fazer.

O Google se empenha muito em proporcionar dados de qualidade, sendo assim, o AdWords é repleto de possibilidades de filtros e segmentações que permitem que o anúncio seja exibido para quem realmente tem interesse no seu produto e não de forma aleatória e que faça desperdiçar dinheiro.

3. Não existir valor mínimo de investimento.

Não pense que você precisa ter uma empresa grande para começar a investir no Google AdWords, pelo contrário, não existe tamanho mínimo de empresa – assim como não existe máximo. Todos podem ter seu espaço para anunciar no Google e podem ter bons retornos disso.

4. Retorno mensurável.

Como todo investimento online, os investimentos no AdWords são mensuráveis. Você pode acompanhar em tempo real as interações que o público está tendo com seus anúncios, com seu site e até mesmo as vendas que estão sendo geradas por conta da plataforma. Aqui não existe mágica, existem dados e fatos.

5. Flexibilidade.

Vejo esse como um dos pontos mais interessantes dos investimentos no Google frente aos investimentos em mídias mais tradicionais. Nos investimentos em mídia online você não precisa ficar preso a uma janela de tempo ou a um tipo de anúncio. Em outras palavras, quando você cria uma propaganda para televisão, faz um anúncio no jornal impresso, compra uma impressão no caderno de bairro, compra anúncio em busdoor e outdoor, você fica amarrado com aquele anúncio durante uma janela de tempo que o meio escolhido te propõe. Por outro lado, os anúncios digitais são mais ágeis e flexíveis, não te deixando limitado a nada. Hoje você pode fazer um anúncio, amanhã pode testar outro. A liberdade é total para o cliente determinar o tempo de suas campanhas.

 

Algum motivo que considera importante e não foi falado? Fique à vontade para acrescentar!

Espero ter ajudado e clareado as ideias para quem ainda estava em dúvida se esse era um bom tipo de investimento em mídia.

conheca-portal-do-ecommerce

Preço ou Qualidade? Estratégia!

A grande questão: Preço ou Qualidade? Ser ou não ser? O que escolher? Por quê escolher?

Em tempos de crise, na necessidade ou no desejo de reduzir seu preço para não espantar o cliente, muitas empresas acabam deixando de incluir em seus pacotes de serviço ou em seus grupos de trabalho, ferramentas, soluções e até profissionais específicos e melhor qualificados. Em alguns casos as empresas conseguem realizar as tarefas, porém, é possível que não tenham entregue o melhor que poderiam.

Não estou falando de perfeccionismo, de forma alguma. Já é de conhecimento comum que é melhor um plano executável e melhor ainda executado do que uma ideia perfeita sem ação alguma.

O ponto abordado é a qualidade dos produtos e serviços, será que ao tentar baratear sua oferta, você também não está tornando o resultado que ela oferece menos eficaz ou, até mesmo, menos atraente?

A solução: estratégia, estratégia e estratégia

Qual poderia ser então a saída? O que escolher: preço ou qualidade? Resposta: ESTRATÉGIA! A resposta é rápida de ser dada, mas alcançá-la já não é algo tão direto. Para chegar a essa resposta a pergunta correta não deveria ser escolher entre as duas opções acima, mas sim questionar: o que vale mais para o meu cliente? Caso ainda não saiba quem é seu cliente, seria bom começar por: quem são os buyer personas da minha empresa?

Após identificar quem é o seu cliente, quais são as necessidades dele, o que ele valoriza e o que ele não dá muita importância, você poderá começar a definir qual estratégia seguir: incluir mais atributos e tornar o produto mais robusto e caro ou focar no essencial e oferecer algo mais acessível. É importante lembrar que ambas são boas estratégias para ganhar dinheiro, basta saber aplicar cada uma de acordo com suas especificidades.

Atenção! Muita atenção! Analise o verdadeiro cliente.

Cuidado! Ao analisar o que é importante para o seu cliente, de fato analise o cliente! O mais comum é que as empresas criem o cliente fictício e atribuam a ele pontos que a empresa acredita que os reais clientes valorizam, porém muitas vezes podem ser diferentes dos que na prática existem. Se a sua intenção é descobrir as necessidades dos seus clientes o melhor caminho, o mais rápido e com certeza o mais assertivo é perguntar para eles! Quem poderia dizer melhor do que você o que é melhor pra você mesmo? Quem poderia entender as dificuldades do dia-a-dia do seu cliente, melhor do que ele mesmo?

Vale analisar as características do seu negócio, é um serviço ou um produto? Para produzir seu produto ou para prestar seu serviço, é necessário muito trabalho humano ou é possível automatizar alguma etapa? Não é possível dizer aqui uma resposta que vai se encaixar para todas as empresas. É preciso avaliar cada caso e então chegar a uma conclusão mais completa para cada situação. Os diferentes negócios possuem diferentes demandas e especificidades.

Sempre que você ou sua empresa estiverem em um ponto de grande dúvida, não seja orgulhoso. Busque materiais de auxílio, busque informações, estudos e profissionais capacitados para sanar suas dúvidas e auxiliar no crescimento da empresa. É muito melhor ter sua empresa crescendo e prosperando, do que ficar amarrado em orgulhos bobos e que não te fazem crescer.

MOBILE FIRST: A NOVA ESTRATÉGIA PARA CRIAÇÃO DE SITES

mobile first a nova estratégia para criar sites

Mobile First: Nova tendência para criação de sites

 

Se você deseja criar um site, é bom que fique por dentro das novas estratégias para desenvolvimento. Criar um website não é mais algo tão difícil, porém, a criação de um site que seja de qualidade, atrativo e que envolva o cliente, está cada vez mais difícil. E a tendência é exatamente essa.

 

Com as atuais ferramentas para criar sites como WordPress, Wix, Blogger e outras, desenvolver o próprio site não é mais um bicho de sete cabeças. Pelo contrário, o processo é até bem fácil. Porém, com a aceleração do nosso dia-a-dia, o bombardeio de informações, notificações no celular, amigos no Whatsapp, colegas de trabalho de Skype e ainda o Facebook, é difícil qualquer um se focar em algo. E pensar que tudo isso está na palma da sua mão. Sim, é bem provável que esteja na palma da sua agora mesmo. Afinal de contas, não passamos mais o dia com o celular, como se ele fosse algo externo e nos fizesse companhia. Nós somos ele! Até mesmo o modelo de celular que você possui pode dizer muito sobre você.

 

Tempo no celular por dia supera 80 minutos, diz Ibope de 2013

A vida está na palma da sua mão. Essa frase não poderia ser mais cotidiana e verdadeira. Relacionamento com amigos e família; diversão para horas vagas; auxílio para fugir do trânsito; organização da agenda pessoal e do trabalho; milhares de serviços: tudo isso em algo que cabe no seu bolso – e que acaba a bateria rápido também.

Um estudo do Ibope de 2013, mostra que os brasileiros passavam em média 84 minutos por dia usando um smartphone, com certeza esse número cresce a cada dia. Em um dia isso seria 5,3% do dia, em 10 anos isso seria totalizaria 306.600 minutos investidos nos aparelhos móveis. A febre é tamanha que as pessoas podem até esquecer datas importantes, de casamento, de namoro e outros aniversários, mas nunca, jamais, em hipótese alguma, podem sair de casa sem seu novo amigo do homem.

Pois é, antigamente você comprava um cachorro caso quisesse companhia, agora seu amigo de estimação está 24 horas, 7 dias por semana com você, e ainda te chama pelo nome se você quiser. Ah.. e não precisa nem levar para passear e nem limpar… você sabe o que. Pobres cachorrinhos, por essa eles não podiam esperar.

 

Acesso à internet no celular supera Desktop, diz estudo do IBGE de 2014

O IBGE divulgou um estudo que mostra o acesso à internet nos domicílios do Brasil. Esse estudo faz parte da PNAD – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – e aponta que o acesso à internet via mobile já supera o acesso via PC nos lares brasileiros. Em 2013, 88% dos domicílios com internet acessavam via desktop, em 2014 esse número caiu para 76%. Por outro lado, em 2013, 53% do acesso era feito via celular, em 2014 esse número saltou para 80% do acesso.

 

Como estar presente onde todos os seus clientes estão

Bom, o sonho de toda empresa é estar sempre presente para seus clientes quando eles precisam de seus produtos e serviços. O próprio Google fez um excelente estudo sobre isso e chama essa etapa de BE THERE – ESTEJA LÁ ou ESTEJA PRESENTE, em tradução livre.

Agora, qual o melhor lugar para estar senão o local onde todos os seus clientes estão? Nem precisa de um investimento gigantesco em pesquisa para saber que esse lugar é o mobile!

 

A estratégia Mobile First

Se a empresa deseja ter uma boa imagem frente aos seus clientes, e já constatou que o lugar onde todos estão é o celular, então deve iniciar sua estratégia digital pelo pequeno aparelho, ou seja, Mobile First – celular primeiro, em tradução livre

Iniciar a estratégia pelo Mobile First significa pensar primeiro nas demandas, características e necessidades que esse dispositivo possui. Por exemplo, muitos gostam de fazer sites bem bonitos, vistosos, cheios de detalhes e imagens gigantes. Com certeza isso fica lindo, mas tente acessar esses mesmos sites pelo celular, como eles se mostram? Melhor ainda, tente carregar esses sites usando 3G, o que acontece? Talvez sua experiência não seja muito boa. Aliás, muito provável que não seja, tendo em vista que apenas 30% dos sites brasileiros estão prontos para serem exibidos com qualidade no mobile.

 

 

Entenda as necessidades do mobile

Uma estratégia digital que contemple o celular precisa entender as suas necessidades. Em geral as telas não são muito grandes, então não use tamanhos de letras que demandem uma lupa ou um microscópio para serem lidas. Tenha uma certeza: seu concorrente está a 1 clique de distância! Então, se um potencial cliente já chegou ao seu site, não perca a visita dele por ele não conseguir ler os textos devido a letras muito pequenas.

Outra dica, no Brasil temos uma qualidade de internet ainda em desenvolvimento e isso se agrava nos acessos via 3G. Mas é claro que isso não é novidade para ninguém, afinal de contas, você já deve ter sofrido para ver ou responder mensagens no Whatsapp por causa de sinal fraco. Pois bem, se você já passou por isso, seus clientes também vão passar. Logo, não use de imagens muito pesadas no seu site, elas demoram muito para carregar, fazem seu cliente perder a paciência em ficar esperando para ver seu conteúdo e fazem com que ele busque seu concorrente que possui um site mais leve.

Espero ter ajudado passando algumas informações, dicas e dados sobre o mercado. Mas se você ficou com alguma dúvida, estou à disposição para lhe ajudar! Se quer acrescentar algo, fique à vontade! E se gostou do texto, ficarei feliz se você curtir, comentar ou compartilhar com sua rede, afinal de contas, se foi útil para você, também pode ser útil para eles.