O que fazer para os paciente não faltarem às consultas? Descubra aqui!

o que fazer para os paciente não faltarem às consultas

Quem possui um consultório ou clínica médica já deve ter se deparado com um problema muito comum: o não comparecimento, sem aviso, do paciente nos horários agendados. Desagradável, não é? Por essa razão, muitos profissionais do ramo vivem se perguntando “o que fazer para os paciente não faltarem às consultas?”

Apesar de parecer uma atitude inofensiva, essa ausência pode acarretar uma série de problemas para a clínica, tais como: desordens na agenda, perda de tempo e, inclusive, prejuízos financeiros para o especialista, principalmente, tratando-se de um consultório particular.

Mas fique tranquilo! Pensando no assunto, criamos este post com dicas práticas que ajudarão você a diminuir o número de faltas e ter uma semana muito mais produtiva. Acompanhe a leitura!

Envie mensagens por SMS ou WhatsApp

Você sabia que nem todos os pacientes faltam nas consultas por má intenção, mas sim, porque simplesmente se esquecem desse compromisso? Sendo assim, nada melhor do que apostar em mecanismos para lembrá-los sobre a hora agendada no seu consultório.

Um exemplo muito prático disso é o envio de mensagens via celular. Isso mesmo! Nesse caso, basta a sua secretária encaminhar alertas, com um dia de antecedência, para os pacientes agendados.

Há, ainda, uma opção muito mais moderna: esse contato pode ser feito por meio do WhatsApp, com uma mensagem instantânea. Nos conteúdos, a secretária pode incluir o nome completo do paciente, bem como o dia e o horário que constam na agenda. Fácil, não é?

Utilize sistemas informatizados

Ainda não sabe o que fazer para os pacientes não faltarem às consultas? Então está na hora de conhecer o sistema de informatização. Nos últimos anos, muitos consultórios e clínicas estão apostando nesse método moderno e eficaz para reduzir os “furos” nos atendimentos da semana.

Com esse mecanismo, é possível otimizar o processo de marcação de consultas, disponibilizar informações importantes aos seus pacientes e fornecedores e, inclusive, monitorar os horários disponíveis e ocupados na sua agenda.

Ou seja, essas ferramentas enviarão, automaticamente, lembretes aos pacientes e notificarão quando uma consulta for desmarcada. É uma opção excelente para organizar a rotina da sua clínica e facilitar o trabalho de todos os membros da equipe.

Ainda não consegue usar um sistema?

 

Caso ainda não consiga utilizar um sistema ou esteja aguardando a implantação de um novo sistema, você sempre pode recorrer ao clássico. Para facilitar esse processo, você também pode investir no cartão de marcações. Nesse pequeno pedaço de papel, a sua secretária colocará a data e os horários dos próximos agendamentos. Vale a pena apostar nessa ideia!

Viu, só? Com essas dicas fica fácil saber o que fazer para os pacientes não faltarem às consultas. Seguindo as nossas recomendações, a longo prazo, você notará a diferença!

Curtiu o nosso post e quer continuar conferindo outros conteúdos como este? Curta já a nossa página no Facebook e acompanhe as novidades!

Marketing para médicos: como adotar essa estratégia com sucesso?

Marketing para médicos: como adotar essa estratégia com sucesso

Antigamente, os pacientes chegavam até uma clínica médica por indicação ou pelo plano de saúde. Porém hoje também é possível consegui-los por meio do marketing para médicos.

Com ações e estratégias bem elaboradas e planejadas, você pode atrair novos clientes, fidelizar os atuais e, ainda se posicionar no mercado, tornando-se uma autoridade na sua área de atuação. Ficou interessado e quer entender melhor sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Quais os passos básicos do marketing para médicos?

Antes de mostrarmos algumas das melhores ferramentas do marketing para médicos, é preciso entender alguns passos básicos para obter resultados positivos com a estratégia. A seguir, vamos detalhar cada um deles. Confira!

Objetivos

O primeiro passo é definir o que você deseja com o marketing, ou seja, seus objetivos. Você pretende conquistar mais pacientes? Fidelizar os atuais? Ou quem sabe educar e informar seu público sobre determinadas enfermidades? Seja qual for o seu objetivo, é importante traçá-lo muito bem, visto que seu planejamento deverá ser guiado por ele.

Planejamento

É aqui que você definirá toda a sua estratégia. Por isso, é importante detalhar em um documento todas as informações importantes, tais como: objetivos, público, ferramentas e canais que serão utilizados, tarefas, além de fazer um cronograma definindo prazos para o cumprimento de cada etapa do processo.

Público

É muito importante conhecer o seu público. Para isso, você pode criar uma persona — personagem fictício do seu cliente ideal — a fim de entender a fundo as características, necessidades e problemas dos seus pacientes. Isso não quer dizer que você não atenderá outro tipo de público, mas o foco das suas estratégias de marketing será direcionado a um perfil específico.

Resultados

É fundamental acompanhar os resultados das suas ações. Só assim você saberá quais estratégias têm trazido retorno e o que precisa ser melhorado. Por isso, já no planejamento, é importante definir como será feita a mensuração do desempenho das campanhas e quais ferramentas serão utilizadas para esse fim.

Quais são as principais estratégias de Marketing Médico e como elas funcionam?

Imaginamos que você está curioso para saber quais são essas estratégias de marketing para médico, que prometem tantas vantagens para a sua clínica, não é mesmo? Pensando nisso, separamos algumas das principais abaixo. Veja!

Google Adwords

O Google Adwords é a plataforma de anúncios do Google. Sabe aqueles anúncios que ficam no topo da página quando você realiza uma pesquisa? Então, é deles que estamos falando! A grande “sacada” dessa ferramenta é que, além do seu negócio ganhar visibilidade, os anúncios só aparecem quando alguém pesquisa um termo (palavra-chave) que tenha relação com seus produtos ou serviços. Ou seja, audiência qualificada para o seu site.

Contudo, para obter bons resultados é preciso ter um certo conhecimento e tempo na rotina, já que é necessário monitorar as campanhas diariamente. A boa notícia é que existe a Simples. Inovação que é pioneira na gestão automatizada com inteligência artificial na área da saúde no Google Adwords — e também de anúncios das redes sociais. Isso quer dizer que um robô fica o tempo todo trabalhando na conta, procurando possíveis erros na estrutura e na estratégia, além de ter a equipe de especialistas para ajudar nesse processo.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo nada mais é que uma estratégia para atrair e ajudar o seu público com conteúdos ricos e relevantes. Para isso, você deve conhecer bem o seu público, definir o tipo de linguagem mais adequada, identificar os melhores canais que devem ser usados (blogs, redes sociais, e-mail marketing etc.) e se disponibilizar para receber feedbacks e responder possíveis dúvidas dos usuários.

Identidade visual

Uma boa identidade visual permite que o seu público reconheça sua clínica mais facilmente. Além da necessidade de ser clara e visualmente agradável, é preciso utilizá-la em todos os canais de comunicação, como no seu site, perfis nas redes sociais e até mesmo no seu cartão de visitas.

Redes sociais

As redes sociais também têm um papel importante quando o assunto é marketing. E isso se deve pela sua enorme audiência — o Facebook, por exemplo, tem 127 milhões de usuários ativos no Brasil —, além de ser um excelente canal para se aproximar de seus pacientes e compartilhar conteúdos interessantes.

Por fim, vale ressaltar que as estratégias de marketing para médicos devem sempre estar de acordo com o Manual de Publicidade Médica. Há algumas regras que devem ser seguidas à risca, respeitando os princípios da profissão.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas suas redes sociais para que seus colegas de trabalho também possam conferir nossas dicas!