Você sabe como aparecer no mapa do Google? Entenda aqui!

como aparecer no mapa do google entenda aqui

Conseguir um bom posicionamento na internet é o sonho de muitos empresários e gestores. Quem tem uma pequena ou média empresa, precisa considerar a possibilidade de intensificar esses resultados e descobrir como aparecer no Google Maps.

Esse é um excelente canal para quem quer promover um negócio no universo virtual. Ao investir nessa ideia, é possível inserir todas as informações relevantes sobre a marca para intensificar sua presença e facilitar seu crescimento on-line.

É comum, porém, que ao tentar se inscrever na plataforma encontrem-se empecilhos. Se esse for o seu caso, não se preocupe! Leia este post e descubra como aparecer no mapa do Google de um jeito simples e prático. Vamos lá?

Quais as vantagens de aparecer no Google Maps?

Ainda não está convencido sobre as vantagens de inserir sua empresa no Google Maps? Saiba que os benefícios disso são inúmeros. Acompanhe, a seguir, os principais deles!

Popularização da marca

Quer saber o que fazer para que sua marca se torne mais popular no mercado? Aparecer no mapa do Google é uma excelente alternativa, pois faz a empresa deixar de ser invisível na internet.

Quando a companhia é cadastrada no canal, é preciso incluir todas as suas informações básicas, como endereço, telefones, site e horários de funcionamento. Assim, cada vez que um usuário buscar pelo serviço que ela oferece, ela vai aparecer como sugestão.

Aumento do alcance

Ter uma boa presença na web é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Empreendimentos que desejam aumentar seu alcance on-line têm no Google Maps uma excelente ferramenta.

Quando aparece nesse canal e tem um bom posicionamento nas buscas, a organização passa a ter mais facilidade para atrair novos consumidores. Isso, naturalmente, torna mais fácil promover seu trabalho.

Cadastro fácil e gratuito

A inscrição no Google Maps é totalmente gratuita. E mais: o cadastro é simples e pode ser acessado de qualquer localização para atualizar os dados ou fazer ajustes sempre que necessário.

Como o Google Maps funciona?

Com os recursos do Google Maps, o usuário encontra endereços, confere trajetos e calcula distâncias entre diferentes pontos, tanto no modo de visualização básico quanto no avançado — como o Google Street View. Para quem tem um smartphone, há a possibilidade de usar a plataforma como um GPS.

Para os empresários, há, ainda, a ferramenta Google Meu Negócio. Trata-se de um canal para que os gestores divulguem suas empresas no Google Maps ou no Google+. Com ele, é possível:

  • inserir a empresa no Google Maps, com um tour virtual;
  • incluir dados de contato, como telefone, endereço, site e e-mail;
  • mostrar o horário de funcionamento e os horários de pico;
  • exibir as avaliações dos clientes;
  • apresentar fotos internas do estabelecimento.

Como cadastrar uma empresa na plataforma?

Para aparecer no mapa do Google, é necessário fazer o cadastro da companhia no Google Meu Negócio. A plataforma é simples, intuitiva e fácil de usar. Veja o passo a passo:

  • acesse o site oficial da solução;
  • faça o login com a conta de e-mail do Gmail;
  • entre no menu principal e clique em “Aparecer no Google”;
  • preencha as informações básicas da empresa;
  • leia com atenção e aceite os termos de serviço;
  • solicite o código de verificação (ele será enviado para o e-mail registrado).

Depois dessas etapas, o negócio é automaticamente inserido no Google Maps. Viu como é fácil? Siga essas dicas, aproveite as funcionalidades desse canal e, em breve, você notará resultados incríveis no seu negócio!

Gostou deste conteúdo? Ainda tem alguma dúvida ou quer comentar sobre sua experiência com essa ferramenta? Deixe seu comentário e participe dessa conversa com a gente!

6 dicas essenciais de como anunciar seu negócio no Facebook

Se a sua marca quer ser vista, ela precisa anunciar no Facebook. Trata-se da maior rede social da atualidade, com mais de 2 bilhões de usuários em todo o mundo, 130 milhões deles no Brasil.

É possível emprestar toda a visibilidade dessa gigante da internet para a sua empresa. Basta criar uma página no Facebook e começar a publicar conteúdo voltado aos seus objetivos.

Para isso, é necessário implementar uma estratégia de marketing focada nas forças dessa rede social. Afinal, há cada vez mais concorrência pela atenção do público nessa plataforma.

Quer ajuda nisso? Confira a seguir 6 dicas essenciais de como anunciar seu negócio no Facebook!

1. Entenda o perfil do seu público

Anunciar no Facebook envolve oferecer algo ao público que seja do interesse dele. Portanto, uma etapa muito importante do processo é aprender o máximo sobre as necessidades dessas pessoas.

Procure entender quais são as motivações do público e de que forma o seu produto ou serviço traria benefícios a eles. Dessa maneira, é possível aumentar o potencial de sucesso do seu conteúdo.

2. Acerte no conteúdo visual

Os seres humanos são criaturas visuais e isso se traduz no uso das redes sociais. Se você deseja anunciar no Facebook, precisa contar com um design que reafirme sua identidade visual e chame a atenção do público.

As suas chamadas também precisam de criatividade para conseguirem cativar as pessoas. Lembre-se de que a sua página está concorrendo por espaço com vários outros tipos de conteúdo no Facebook.

3. Interaja com o público

Trabalhar com redes sociais não é uma via de mão única. Você também precisa receber feedbacks do seu público e interagir com ele a partir desses contatos. Senão, a sua empresa poderá causar insatisfação.

Crie o hábito de checar as interações da sua página periodicamente. Além disso, adote uma postura de buscar sempre a solução para os pedidos enviados pelas pessoas. O seu atendimento precisa ser muito eficaz.

4. Aponte para destinos de conversão

Para anunciar no Facebook com alto potencial de sucesso, você precisa de uma estratégia voltada a direcionar o público para algum destino de conversão. Dessa forma, é possível fazer da rede social uma poderosa ferramenta de vendas.

Por exemplo, um restaurante pode publicar links para a sua seção de reservas. Já uma loja pode fazer isso para cada produto anunciado. Seja qual for a sua abordagem, é importante sempre olhar para os seus objetivos.

5. Utilize a plataforma de anúncios

Você pode direcionar o seu conteúdo para fatias altamente específicas de público usando a plataforma Facebook Ads. Os anúncios pagos do Facebook trarão um excelente custo-benefício à sua empresa, bastando utilizá-los bem.

A grande força do Facebook Ads está em suas opções de segmentação. Dá para exibir seus anúncios para pessoas com características e interesses definidos por você. Assim, você aumenta as suas chances de conversão.

6. Fique de olho nos seus resultados

A única forma de ter certeza de que a sua estratégia de marketing no Facebook está dando certo é acompanhando os seus resultados de engajamento e conversão. Monitore o quanto seus posts estão fazendo a diferença nos seus resultados.

Fazer isso periodicamente também ajuda a corrigir a rota da sua campanha caso necessário. Por exemplo, você pode perceber que determinado tipo de post traz muito mais resultados do que os demais. Portanto, vale a pena intensificá-lo.

Anunciar no Facebook não é algo que traz sucesso automaticamente. É preciso pensar em uma abordagem que faça sentido para os objetivos da sua empresa e as características do público que você pretende atingir. Utilize as forças dessa rede social a seu favor e mantenha a sua estratégia em plena evolução.

Conte com a parceria certa para ajudar em seus resultados: entre em contato conosco e conheça todas as possibilidades!

O que fazer para os paciente não faltarem às consultas? Descubra aqui!

o que fazer para os paciente não faltarem às consultas

Quem possui um consultório ou clínica médica já deve ter se deparado com um problema muito comum: o não comparecimento, sem aviso, do paciente nos horários agendados. Desagradável, não é? Por essa razão, muitos profissionais do ramo vivem se perguntando “o que fazer para os paciente não faltarem às consultas?”

Apesar de parecer uma atitude inofensiva, essa ausência pode acarretar uma série de problemas para a clínica, tais como: desordens na agenda, perda de tempo e, inclusive, prejuízos financeiros para o especialista, principalmente, tratando-se de um consultório particular.

Mas fique tranquilo! Pensando no assunto, criamos este post com dicas práticas que ajudarão você a diminuir o número de faltas e ter uma semana muito mais produtiva. Acompanhe a leitura!

Envie mensagens por SMS ou WhatsApp

Você sabia que nem todos os pacientes faltam nas consultas por má intenção, mas sim, porque simplesmente se esquecem desse compromisso? Sendo assim, nada melhor do que apostar em mecanismos para lembrá-los sobre a hora agendada no seu consultório.

Um exemplo muito prático disso é o envio de mensagens via celular. Isso mesmo! Nesse caso, basta a sua secretária encaminhar alertas, com um dia de antecedência, para os pacientes agendados.

Há, ainda, uma opção muito mais moderna: esse contato pode ser feito por meio do WhatsApp, com uma mensagem instantânea. Nos conteúdos, a secretária pode incluir o nome completo do paciente, bem como o dia e o horário que constam na agenda. Fácil, não é?

Utilize sistemas informatizados

Ainda não sabe o que fazer para os pacientes não faltarem às consultas? Então está na hora de conhecer o sistema de informatização. Nos últimos anos, muitos consultórios e clínicas estão apostando nesse método moderno e eficaz para reduzir os “furos” nos atendimentos da semana.

Com esse mecanismo, é possível otimizar o processo de marcação de consultas, disponibilizar informações importantes aos seus pacientes e fornecedores e, inclusive, monitorar os horários disponíveis e ocupados na sua agenda.

Ou seja, essas ferramentas enviarão, automaticamente, lembretes aos pacientes e notificarão quando uma consulta for desmarcada. É uma opção excelente para organizar a rotina da sua clínica e facilitar o trabalho de todos os membros da equipe.

Ainda não consegue usar um sistema?

 

Caso ainda não consiga utilizar um sistema ou esteja aguardando a implantação de um novo sistema, você sempre pode recorrer ao clássico. Para facilitar esse processo, você também pode investir no cartão de marcações. Nesse pequeno pedaço de papel, a sua secretária colocará a data e os horários dos próximos agendamentos. Vale a pena apostar nessa ideia!

Viu, só? Com essas dicas fica fácil saber o que fazer para os pacientes não faltarem às consultas. Seguindo as nossas recomendações, a longo prazo, você notará a diferença!

Curtiu o nosso post e quer continuar conferindo outros conteúdos como este? Curta já a nossa página no Facebook e acompanhe as novidades!

Marketing para médicos: como adotar essa estratégia com sucesso?

Marketing para médicos: como adotar essa estratégia com sucesso

Antigamente, os pacientes chegavam até uma clínica médica por indicação ou pelo plano de saúde. Porém hoje também é possível consegui-los por meio do marketing para médicos.

Com ações e estratégias bem elaboradas e planejadas, você pode atrair novos clientes, fidelizar os atuais e, ainda se posicionar no mercado, tornando-se uma autoridade na sua área de atuação. Ficou interessado e quer entender melhor sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Quais os passos básicos do marketing para médicos?

Antes de mostrarmos algumas das melhores ferramentas do marketing para médicos, é preciso entender alguns passos básicos para obter resultados positivos com a estratégia. A seguir, vamos detalhar cada um deles. Confira!

Objetivos

O primeiro passo é definir o que você deseja com o marketing, ou seja, seus objetivos. Você pretende conquistar mais pacientes? Fidelizar os atuais? Ou quem sabe educar e informar seu público sobre determinadas enfermidades? Seja qual for o seu objetivo, é importante traçá-lo muito bem, visto que seu planejamento deverá ser guiado por ele.

Planejamento

É aqui que você definirá toda a sua estratégia. Por isso, é importante detalhar em um documento todas as informações importantes, tais como: objetivos, público, ferramentas e canais que serão utilizados, tarefas, além de fazer um cronograma definindo prazos para o cumprimento de cada etapa do processo.

Público

É muito importante conhecer o seu público. Para isso, você pode criar uma persona — personagem fictício do seu cliente ideal — a fim de entender a fundo as características, necessidades e problemas dos seus pacientes. Isso não quer dizer que você não atenderá outro tipo de público, mas o foco das suas estratégias de marketing será direcionado a um perfil específico.

Resultados

É fundamental acompanhar os resultados das suas ações. Só assim você saberá quais estratégias têm trazido retorno e o que precisa ser melhorado. Por isso, já no planejamento, é importante definir como será feita a mensuração do desempenho das campanhas e quais ferramentas serão utilizadas para esse fim.

Quais são as principais estratégias de Marketing Médico e como elas funcionam?

Imaginamos que você está curioso para saber quais são essas estratégias de marketing para médico, que prometem tantas vantagens para a sua clínica, não é mesmo? Pensando nisso, separamos algumas das principais abaixo. Veja!

Google Adwords

O Google Adwords é a plataforma de anúncios do Google. Sabe aqueles anúncios que ficam no topo da página quando você realiza uma pesquisa? Então, é deles que estamos falando! A grande “sacada” dessa ferramenta é que, além do seu negócio ganhar visibilidade, os anúncios só aparecem quando alguém pesquisa um termo (palavra-chave) que tenha relação com seus produtos ou serviços. Ou seja, audiência qualificada para o seu site.

Contudo, para obter bons resultados é preciso ter um certo conhecimento e tempo na rotina, já que é necessário monitorar as campanhas diariamente. A boa notícia é que existe a Simples. Inovação que é pioneira na gestão automatizada com inteligência artificial na área da saúde no Google Adwords — e também de anúncios das redes sociais. Isso quer dizer que um robô fica o tempo todo trabalhando na conta, procurando possíveis erros na estrutura e na estratégia, além de ter a equipe de especialistas para ajudar nesse processo.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo nada mais é que uma estratégia para atrair e ajudar o seu público com conteúdos ricos e relevantes. Para isso, você deve conhecer bem o seu público, definir o tipo de linguagem mais adequada, identificar os melhores canais que devem ser usados (blogs, redes sociais, e-mail marketing etc.) e se disponibilizar para receber feedbacks e responder possíveis dúvidas dos usuários.

Identidade visual

Uma boa identidade visual permite que o seu público reconheça sua clínica mais facilmente. Além da necessidade de ser clara e visualmente agradável, é preciso utilizá-la em todos os canais de comunicação, como no seu site, perfis nas redes sociais e até mesmo no seu cartão de visitas.

Redes sociais

As redes sociais também têm um papel importante quando o assunto é marketing. E isso se deve pela sua enorme audiência — o Facebook, por exemplo, tem 127 milhões de usuários ativos no Brasil —, além de ser um excelente canal para se aproximar de seus pacientes e compartilhar conteúdos interessantes.

Por fim, vale ressaltar que as estratégias de marketing para médicos devem sempre estar de acordo com o Manual de Publicidade Médica. Há algumas regras que devem ser seguidas à risca, respeitando os princípios da profissão.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas suas redes sociais para que seus colegas de trabalho também possam conferir nossas dicas!

Marcar consultas online ou por telefone? Descubra o que é melhor!

Com os crescentes impactos da transformação digital nos negócios e no comportamento do consumidor, muitas clínicas e consultórios médicos começaram a oferecer a opção de marcar consulta online. Mas, afinal, será que vale a pena implementar essa mudança para os seus pacientes?

O post de hoje tem como objetivo responder a essa pergunta, fazendo um comparativo com o bom e velho método de agendamento por telefone. Confira!

Como funciona cada método e suas diferenças

A marcação de consultas online desponta como uma tendência no mercado, no entanto, essa modernização exige uma fase de transição. É preciso entender o funcionamento das duas metodologias de marcação para analisar o que é mais adequado para o seu negócio e qual é o melhor momento para realizar a migração.

Por telefone

O procedimento tradicionalmente adotado em consultórios e clínicas é o agendamento via ligação telefônica, bem simples. Uma recepcionista ou atendente do call center informa algumas opções de horário, geralmente as datas mais próximas, e o paciente escolhe a melhor.

Sua principal vantagem é a oportunidade de o paciente tirar outras dúvidas, relativas à consulta ou aos procedimentos envolvidos.

Por outro lado, linhas ocupadas e tempo de espera elevado podem influenciar negativamente a experiência do usuário e se tornar um motivo de insatisfação, e até desistência.

Online

Já a marcação de consultas online é realizada diretamente no site da clínica, sem intermediários. Um procedimento que não leva mais do que alguns minutos, requer poucos cliques e independe de disponibilidade para o atendimento, sendo necessário apenas o acesso à Internet.

Fácil e ágil, após o preenchimento dos dados pessoais, o sistema permite que o paciente acesse a agenda do médico e escolha entre todos os horários disponíveis, conforme sua conveniência.

As principais vantagens de um sistema para marcar consulta online

Assim como as demais soluções digitais, o agendamento online oferece inúmeros benefícios, tanto para os pacientes quanto para o prestador de serviço — clínicas e médicos. Falaremos um pouco sobre os principais deles a seguir.

Redução de custos

O velho método de marcação por telefone exige uma equipe que atenda às ligações. Seja uma secretária ou um call center, com a realização dos agendamentos pela Internet, há uma boa redução dos custos com mão de obra, liberando a funcionária para atividades mais relevantes ou permitindo a redução da equipe.

Além disso, utilizando recursos como confirmação por SMS e lembretes, diminuem as faltas por esquecimento e os gastos com ligações para confirmar consultas.

Praticidade

Trata-se de mais conveniência para o paciente, que pode marcar suas consultas a qualquer hora e de qualquer lugar, por meio de diferentes dispositivos — computador, tablet ou smartphone.

Atendimento 24 horas

Ao contrário da marcação por telefone, o atendimento online fica disponível 24 horas, 7 dias por semana. Uma facilidade a mais para quem não tem tempo de tomar essas providências durante o horário comercial.

Curso Gratuito: Marketing Básico para Saúde

Inscreva-se agora aqui: https://goo.gl/g6hFhg

Integração com outros sistemas de gestão

Para o gestor, a possibilidade de integrar a agenda com outros sistemas, como financeiro e recursos humanos, também oferece mais praticidade, otimizando a rotina de trabalho.

Além disso, como os dados são preenchidos pelo próprio paciente, os cadastros são mais completos e com menos erros.

Segurança da informação

Além de informações mais precisas, os sistemas de agendamento online oferecem recursos que garantem a segurança e sigilo dos dados dos pacientes, tais como armazenamento em servidor interno ou em nuvem, criptografia e back-ups.

Adequação à era digital

Oferecendo a opção de marcar consultas online, sua marca demonstra acompanhar as inovações tecnológicas, se integrando à era digital e agregando valor ao seu produto.

Com isso, tanto clínica quanto paciente usufruem dos benefícios da modernidade, como mobilidade, acessibilidade e agilidade.

A digitalização já deixou de ser uma tendência e se tornou realidade. Dessa maneira, a opção de marcar consulta online se torna uma vantagem competitiva para as clínicas e médicos que buscam acompanhar o mercado, oferecendo o melhor atendimento aos seus pacientes.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o agendamento de consultas via Internet, que tal ler sobre como potencializar a sua presença online?

Baixe GRÁTIS: Ebook Como Alcançar o Sucesso Digital

Estratégias de Marketing para Profissionais da Saúde

ebook como alcançar o sucesso digital

Baixe AQUI: https://goo.gl/7GTXgV

Por que a identidade visual é tão importante para o seu consultório?

A identidade visual de um consultório não é simplesmente um desenho que vai nos materiais gráficos. Ela é um estudo de cores, tipografia e símbolos estratégicos que transmitem o conceito da marca, repassando credibilidade e confiança aos seus pacientes.

Dessa maneira, ela precisa ser feita por um profissional qualificado, porque é preciso um estudo para escolher os elementos que transmitirão a mensagem que o seu consultório deseja passar — isso contribui (e muito) para alcançar resultados satisfatórios.

Quer entender mais sobre qual é a real importância da identidade visual para os consultórios? Leia mais!

Esclarece a especialidade do seu consultório

Um logotipo profissional e bem planejado mostra aos pacientes qual é a especialidade do seu consultório. Por isso, é preciso investir em uma identidade visual que diferencie o seu negócio e, ao mesmo tempo, facilite a identificação do seu ramo de atuação pelo paciente.

Por exemplo, se você tem uma clínica odontológica focada no público adolescente, nada melhor do que investir em símbolos dentários e utilizar as cores que chamam a atenção desse público-alvo.

Transmite solidez e competência

Para que o seu consultório seja visto e lembrado, ele precisa marcar presença na vida das pessoas. Por isso, é preciso investir em um bom planejamento de comunicação.

Dessa maneira, para nortear todas as peças gráficas, é fundamental ter uma logomarca profissional para demonstrar solidez e competência — as empresas consideradas de confiança são aquelas que têm uma marca bem definida.

 

Assista também ao nosso vídeo

É um diferencial competitivo para o consultório

Quando você investe no desenvolvimento de uma identidade visual, as pessoas veem o seu consultório com mais confiança e credibilidade. Isso acontece porque o cérebro processa muito melhor as informações audiovisuais do que em um simples texto ou palavra.

Em um mercado repleto de concorrentes, é preciso apostar em recursos que possam atrair os olhares do consumidor e, sem dúvidas, essa é uma escolha de sucesso.

Uma identidade marcante faz com que as pessoas se lembrem do negócio e isso facilita e amplia a rede de indicações para amigos e familiares. Ou seja, uma logo atrativa pode ser o grande diferencial de seu consultório!

 

Baixe GRÁTIS: Ebook Como Alcançar o Sucesso Digital

Estratégias de Marketing para Profissionais da Saúde

ebook como alcançar o sucesso digital

Baixe AQUI: https://goo.gl/7GTXgV

Facilita a divulgação da marca por vários canais

Certamente você já se deparou com uma empresa que utiliza um logotipo diferente em cada material: no site, nos cartões de visita ou na assinatura de e-mail. Em geral, essa situação gera um caos mental e pode ser um ponto negativo para o negócio.

Contudo, ao contratar um profissional para desenvolver sua identidade visual, você se livra desse problema, já que ele encaminha um manual da marca — uma espécie de passo a passo para utilizá-la.

Assim, havendo necessidade de confecção de outros materiais — site, card para mídias sociais, cartazes, flyers, uniformes, receituários e assinatura de e-mail —, há a certeza de que a logo não sofrerá distorções ou alterações na cor, por exemplo.

É importante destacar que os materiais online e offline precisam manter a mesma linha, para que as pessoas identifiquem o consultório com facilidade e para que a marca ganhe expressividade no mercado.

Além disso, é essencial utilizar sua marca nas estratégias de marketing. Por exemplo, ao entregar um exame ao paciente, invista em um envelope reciclado personalizado, uma tag com papel semente e uma sacola ecológica contendo a sua logo. Essas pequenas atitudes contribuem tanto com o meio-ambiente (afinal, você deve propagar a saúde de diversas maneiras), quanto para aumentar a credibilidade do seu negócio.

Após a leitura do post, podemos concluir que para que um consultório se destaque da concorrência e consiga captar e fidelizar mais pacientes, é essencial investir em uma identidade visual profissional. Por meio de um estudo de cores, tipografia e símbolos, você conseguirá transmitir os objetivos do seu negócio, além de demonstrar  confiança e credibilidade.

Você achou este material relevante? Assine a nossa newsletter e receba o nosso conteúdo diretamente em seu e-mail!

5 principais erros no Google Adwords e como evitá-los

Uma das melhores ferramentas de marketing do mercado, o Google Adwords pode apresentar resultados rápidos para o seu negócio. Entretanto, é preciso saber usar os recursos dessa plataforma.

Muitos usuários cometem erros no Google Adwords, comprometendo os resultados de seus anúncios, e acabam por desistir de usá-lo em suas estratégias de marketing, abrindo mão de uma grande oportunidade de gerar receita para o seu negócio.

Pensando nisso, listamos aqui as 5 principais falhas cometidas na plataforma e o que fazer para evitá-las. Confira!

1. Não levar em conta a segmentação geográfica

Um dos segredos para o sucesso de uma campanha no Google Adwords é a segmentação do público-alvo. Afinal, se as informações inseridas levam à persona errada, os custos da campanha aumentam e o desempenho diminui.

Considerando negócios locais — como um consultório médico, por exemplo —, a segmentação geográfica é ainda mais importante. Todo anúncio tem como objetivo fazer com que o público atingido execute uma ação, no entanto, se o seu consultório fica no Rio de Janeiro, de nada adianta que a sua campanha alcance o público paulista, certo?

Não regionalizar é um erro comum, cometido muitas vezes por falta de conhecimento dessa funcionalidade. Então, ao criar um anúncio no Google Adwords, lembre-se que essa opção existe e use-a a seu favor.

2. Errar o endereço de destino

Apesar de parecer improvável, esse erro acontece com alguma frequência. Ao se interessar por determinado produto, espera-se que o link leve diretamente e a ele, sem que seja necessária uma nova busca ou ação para encontrá-lo dentro do site.

Um anúncio sobre determinado tratamento, por exemplo, deve direcionar para a página específica sobre ele, e não para a página inicial da clínica — pois, nesse caso, as chances de desistência são maiores.

Por isso, ao criar um anúncio, certifique-se de inserir o link de saída para a página exata, ou seja, sobre aquele produto ou serviço. Quanto menos cliques forem necessários, maior será a taxa de conversão.

3. Não considerar o horário dos anúncios

A princípio, você pode imaginar que o ideal é anunciar 7 dias por semana, 24 horas por dia. Para isso, no entanto, é preciso separar uma boa verba. Será que vale a pena?

O melhor a fazer é analisar o comportamento do seu consumidor na internet e mapear os horários em que ele está mais ativo. Assim você evita pagar para que seu anúncio seja mostrado quando não há ninguém interessado nele.

Em outras palavras, você economiza no orçamento, mas sem abrir mão de uma boa taxa de conversão.

4. Escolher palavras-chave de baixa qualidade

As palavras-chave são o coração de uma conta no Google Adwords. Elas são o caminho que guia o cliente até o produto ou serviço oferecido por uma empresa, além de serem um dos principais fatores de ranqueamento.

Nesse sentido, boas palavras-chave são aquelas que se relacionam com o seu nicho e representam exatamente o que está sendo anunciado. O ideal é que elas tenham duas ou mais palavras, descrevendo melhor o produto. Além disso, devem ser compatíveis com as URLs de destino.

5. Não acompanhar as métricas

Uma das maiores vantagens do marketing digital é que tudo pode ser analisado e mensurado — e utilizado na sua estratégia. O acesso a métricas detalhadas de uma campanha fornece informações valiosas para a análise do seu desempenho, como a quantidade de exibições, horários das exibições, taxa de conversão, entre outras.

Todos esses dados ajudam na identificação de falhas e na realização de mudanças que otimizem as campanhas. Justamente por isso, desperdiçá-los é um erro imenso, que pode custar caro no final.

Enfim, cometer erros no Google Adwords é bastante comum, seja por falta de conhecimento ou por desatenção a algum detalhe. Por essa razão, muitas campanhas não trazem os resultados esperados. Quando bem utilizada, por outro lado, essa ferramenta é excelente e pode ser de grande auxílio aos negócios na internet!

Gostou do post? Agora que você já sabe como evitar os principais erros, que tal conhecer as 5 razões para usar o Google Adwords?

Veja 5 motivos para o seu site ter um design responsivo

Você sabe o que é o design responsivo? Com o crescimento da internet móvel e a popularidade dos smartphones, contar com ele se tornou imprescindível para as marcas que querem estar presentes no dia a dia de seus clientes.

Basicamente, trata-se de uma técnica de criação de sites que possibilita a sua adaptação a qualquer tamanho de tela, sem perder as configurações básicas e garantindo ao usuário uma navegação confortável e segura.

Então, se você ainda tem dúvidas quanto à importância do design responsivo, este post foi feito para você! Confira nossa lista dos principais motivos para adotar essa estratégia no seu site:

1. Diminuição da mão de obra com manutenção

Com a diversidade de smartphones e tablets disponíveis, manter um site para cada tamanho de tela se tornou inviável. Imagine o trabalho necessário para realizar uma programação específica para cada tipo de dispositivo móvel!

Por isso, a melhor maneira de manter um site atualizado sem investir tanto tempo e dinheiro é adotar um design responsivo, com configurações que o possibilitem se ajustar a qualquer tamanho de forma automática. Toda a programação e manutenção, nesse caso, será feita em uma única plataforma.

2. Melhora na experiência do usuário

Via de regra, não há como distinguir uma conexão fixa de uma feita por um dispositivo mobile, então, qualquer site pode ser acessado via celular. No entanto, há uma grande diferença de usabilidade entre acessar um site responsivo e um que não esteja desconfigurado para a sua tela.

Um celular não oferece as mesmas oportunidades de interação que a tela de um notebook ou de um desktop, até também por não contar com o mouse. Nesse sentido, pequenas adaptações no site são necessárias — tanto em função do tamanho quanto da destreza. É importante que seja possível navegar usando uma só única mão, por exemplo.

Do contrário, as imagens demoram a carregar, os menus podem ficar inacessíveis, e os textos, ilegíveis de tão minúsculos.

3. Crescimento do acesso via mobile

Segundo o relatório Digital, Social & Mobile 2015, quase 80 milhões de brasileiros têm acesso à internet via dispositivos mobile atualmente, o que representa 39 % da população. E, de 2015 para cá, esse número vem crescendo.

A cada dia aumentam os números de page view via celulares, e caem as visualizações por meio de computadores. Esses números só corroboram a importância de oferecer aos usuários uma experiência mobile de qualidade em seu site.

Inclusive, essa é uma ótima oportunidade para estar acessível ao cliente a qualquer hora e de qualquer lugar, potencializando a sua presença on-line.

4. Aumento da velocidade da página

Por serem mais leves e otimizados para dispositivos móveis, os sites responsivos são carregados mais rapidamente do que suas versões para desktop. E essa velocidade de carregamento é um dos fatores considerados para o ranqueamento para o Google — além de ter um grande impacto na experiência do usuário.

Ao fazer uma busca pelo celular, o usuário busca respostas imediatas. Logo, quando uma página demora a carregar, o mais provável é que ele feche a janela e tente novamente em outro lugar.

5. Redução da taxa de rejeição

Basicamente, a taxa de rejeição mede as vezes em que usuários entraram em seu site, mas, em seguida, fecharam a página, sem qualquer interação. E ela está diretamente ligada à experiência do usuário e à usabilidade do seu site.

A pessoa tende a desistir da navegação ao encontrar dificuldades ou demorar muito a achar o que procura. Assim, quando alto, esse índice pode comprometer o desempenho do site ou blog nos mecanismos de busca. Isso, no entanto, pode ser contornado com o design responsivo, que facilite essa navegação.

Enfim, como vimos até aqui, o design responsivo é a melhor resposta à evolução rápida da tecnologia atual, permitindo que o seu site se adapte a qualquer meio que os usuários usarem para acessá-lo. Ele não é apenas a melhor opção para o presente, mas também para o futuro!

Ao escolher uma empresa para criar o seu site, portanto, não abra mão de uma que lhe ofereça esse serviço — como a Simples, uma modeladora de negócios que atende diferentes demandas de marketing digital.

Então, gostou deste artigo e tem interesse em um site responsivo para o seu negócio? Entre em contato conosco e receba uma análise gratuita!

Fique por dentro de 5 dicas de atendimento ao paciente

Ficar por dentro das principais dicas de atendimento ao paciente é de extrema importância uma vez que os hospitais, consultórios ou clínicas precisam ser uma referência no cuidado com o próximo.

Normalmente, as pessoas procuram um atendimento médico quando estão em um momento de vulnerabilidade e fragilidade. Nesse contexto, prestar um bom atendimento vai muito além do diagnóstico e do tratamento correto.

Quer saber como proporcionar uma boa experiência ao paciente desde o seu primeiro contato com o seu consultório? Veja as nossas 5 dicas!

1. Facilite a marcação de consultas

O primeiro contato do paciente com o seu consultório é por telefone (a não ser que o seu consultório utilize a tecnologia para agendamento de consultas, nesse caso, ele agenda o horário diretamente pelo site).

Assim, a secretária precisa prestar um atendimento carismático, educado e atencioso, além de ter uma agenda e os instrumentos de trabalho ideais — internet rápida, computador ágil e um bom software de gestão — para o desempenho do seu trabalho.

Outra dica é entrar em contato com o paciente com até 48 horas de antecedência da consulta a fim de lembrar o horário, local e passar informações sobre os estacionamentos conveniados.

Curso Gratuito: Marketing Básico para Saúde

Inscreva-se agora aqui: https://goo.gl/g6hFhg

2. Invista na capacitação de funcionários

O seu time precisa se sentir capacitado para exercer suas funções. Os cursos de aperfeiçoamento e reciclagem são excelentes maneiras de se manter atualizado e conhecer as tendências mercadológicas. Assim, eles podem trazer novidades que facilitem a gestão e contribuir para tornar o consultório um modelo de referência.

Além disso, lembre-se de divulgar essas informações sobre o aperfeiçoamento profissional nos canais da empresa (site, blog e mídias sociais) e exponha os certificados em um local visível aos pacientes. Dessa forma, eles podem vê-los enquanto aguardam a consulta.

3. Proporcione um atendimento personalizado

Um dos maiores erros dos consultórios é não dar valor ao paciente e acreditar que a consulta termina quando ele sai do estabelecimento. Para se destacar nesse cenário, é importante investir em um atendimento personalizado.

Por exemplo, quando estiver na hora da reconsulta, faça uma ligação informando os horários disponíveis ou, se for o caso, negocie um valor com desconto para o próximo checkup.

Essa técnica de entregar mais do que o paciente solicitou — visando a fidelização — se chama overdelivery e consiste em entregar serviços adicionais, tais como descontos, consulta gratuita e amostras de medicamentos.

4. Não abra mão de um atendimento humanizado

Atendimento humanizado significa que todas as suas ações e estratégias são pensadas para oferecer ao paciente uma boa experiência. Esse tipo de preocupação transmite que o seu consultório não está pensando unicamente no  lucro, mas sim, em proporcionar uma melhoria na qualidade de vida e bem-estar daqueles que por ali passam.

É importante que o paciente não se sinta um cliente dentro do seu consultório, porque ele busca um tratamento baseado no respeito e integridade.

5. Proporcione conforto

Quando o paciente chega à sua clínica, deve encontrar um ambiente agradável e aconchegante enquanto espera pelo seu atendimento. Confira algumas ideias:

  • não atrase as consultas;
  • ofereça sofás confortáveis;
  • disponibilize revistas e jornais atualizados;
  • invista no Wi-Fi;
  • tenha chás, doces, cafés e biscoitos à disposição;
  • deixe a televisão ou o rádio ligado;
  • mostre folders e informações sobre os serviços adicionais da sua clínica.

Conferir as principais dicas de atendimento ao paciente é importante para que a sua clínica, consultório ou hospital possa sempre inovar e oferecer uma melhoria no bem-estar e qualidade de vida. Por isso, o investimento em novas tecnologias de gestão se torna essencial para automatizar os processos e proporcionar a fidelização de pacientes.

Com este post, você conferiu 5 dicas de atendimento ao paciente. Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para seguir a nossa página no LinkedIn e acompanhe as próximas postagens!

Baixe GRÁTIS: Ebook Como Alcançar o Sucesso Digital

Estratégias de Marketing para Profissionais da Saúde

ebook como alcançar o sucesso digital

Baixe AQUI: https://goo.gl/7GTXgV