Aprendizados da Black Friday para aplicar na sua loja em 2022

Passado o período de expectativas e muito trabalho para a Black Friday, evento mais lucrativo do varejo online, é chegada a hora de analisar os resultados e tirar lições para que possamos aplicar no ano que se inicia. Por isso, separamos algumas informações sobre resultados e comportamentos do consumidor para te ajudar a entender como aplicar mudanças na sua loja virtual.

Segundos dados da NielsenIQ|Ebit, a Black Friday 2021 teve crescimento de 5% no faturamento do e-commerce se comparada com 2020. É importante lembrar que no ano passado, o crescimento foi de 25% e este resultado está diretamente relacionado com as limitações dos comércios físicos trazidas pela covid-19. Por isso, embora seja um resultado conservador, devemos enxergá-lo como um sucesso. 

Ofertas antecipadas

Cada vez mais, percebemos que eventos como a Black Friday deixam de ser exclusivos de uma data e se prolongam durante semanas ou meses. De acordo com a NielsenIQ Ebit, entre os dias 18 e 24 de novembro, o faturamento do e-commerce nacional cresceu 31%, em função das ofertas antecipadas. O esquenta Black Friday é uma estratégia adotada principalmente no varejo digital para evitar o congestionamento de suas lojas, aumento exagerado no custo dos anúncios e maior tranquilidade para entregar os produtos dentro dos prazos prometidos, melhorando o fluxo de trabalho das lojas virtuais.

Crédito ainda é a opção de pagamento preferida. 

Apesar da popularização do Pix como forma de pagamento no e-commerce, segundo a Neotrust, 82,4% das compras online da Black Friday foram feitas por cartão de crédito. Além da possibilidade do parcelamento das compras, alguns dos motivos que justificam a preferência dos consumidores são os benefícios atrelados ao pagamento por cartão de crédito, como programas de pontos e cashback.  

Frete grátis como diferencial entre concorrentes

Em eventos como a Black Friday, nem sempre o preço baixo garante a venda. Para destacar-se de seus concorrentes, muitas lojas recorreram às promoções de frete grátis. Segundo a Neotrust, 66% do total de pedidos contaram com esse benefício, já o valor do frete nacional ficou em média R$ 20,00. Este valor representa uma redução de 8% se comparado com o ano anterior. 

Soluções omnichannel como estratégia 

Além do frete grátis, as soluções Omnichannel (integração entre lojas físicas e digitais) foram tendência da Black Friday 2021. A Ideia é que o cliente consiga ser atendido tanto na loja física quanto no e-commerce de forma unificada. Segundo a Linx, a opção de comprar o produto na loja online e retirar na loja física apresentou crescimento de 139%. Já a opção ship from store, na qual o cliente compra no e-commerce e recebe a mercadoria da loja mais próxima de sua casa teve um crescimento de 44%. 

Atraso nas entregas ainda é um gargalo no e-commerce.

Como nem tudo são flores, também é importante falar do que não deu certo para sermos melhores em 2022. Segundo levantamento feito pelo Reclame Aqui, houve crescimento de 23% nas reclamações. Entre os principais problemas relatados está o descumprimento de prazos de entrega. Por isso, o grande desafio do varejo digital para o ano que chega é o aprimoramento das entregas, afinal, mais do que vender, é preciso pensar na experiência do cliente desde o primeiro contato até o pós venda. 

Saber o que deu certo e o que deu errado nos ajuda a entender como podemos melhorar. Esperamos que esse material te ajude a planejar o rumo do seu e-commerce neste novo ano. Se você precisa de um parceiro para sua empresa, a Simples é a melhor opção! Oferecemos eficiência tecnológica para sua loja virtual com economia de 60% a 80% em relação a uma equipe própria de e-commerce. Converse com um de nossos especialistas!

VAMOS CONVERSAR?

Olá! Eu sou a Ivy e quero entender mais sobre seu projeto!

Responda as perguntas abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato com você.